Necessidade de due diligence adequada

Elisa Junqueira Figueiredo e Renan Lopes

Em um mercado cada vez mais competitivo e globalizado, é vital a necessidade de as empresas se reinventarem e reestruturarem para se manterem no páreo. No mundo das pessoas jurídicas, esse cenário pós-moderno, o qual Zygmunt Bauman taxou de “líquido” para ilustrar um estado onde as coisas são facilmente adaptáveis e passíveis de alteração, propiciou o surgimento de operações econômicas mais complexas, entre elas as chamadas fusões e aquisições.


Em linguagem de “bate-papo”, desapegando por um momento dos termos técnicos, chamamos de “fusão” a operação econômica que duas ou mais empresas se unem para originar uma nova, extinguindo as duas que a originaram, e de “aquisição” a incorporação de uma empresa por outra empresa, com a extinção da incorporada. Trata-se, em ambos os casos, de formas de reorganização societárias que visam, em síntese, uma melhor integração das operações, redução de custos, ganho de escala e, assim, ganhar força de concorrência.


Rua Bandeira Paulista, nº 275, 7º andar
São Paulo/SP
CEP 04532-010

Tel.: +55 11 3074-0033
ff@fflaw.com.br

FF ADVOGADOS - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2019

POLÍTICA DE PRIVACIDADE